Auditoria


Auditorias em sistemas de gestão das atividades de auditoria oferecidas pela QualityIn têm como objetivo avaliar a adequação e a eficácia de Sistema de Gestão ISO 9001, ISO 14001, ABNT NBR 16001, SMS – Segurança, Saúde Ocupacional e Meio Ambiente, ISO 17025, ISO TS 16949, OHSAS 18001, SA 8000, VDA.6, implementados ou em implementação. A metodologia da QualityIn está baseada na norma ABNT NBR ISO19011 e é destinada a ser aplicada a auditores, organizações que implementam sistemas de gestão e organizações que necessitam realizar auditorias de sistemas de gestão.

Em auditoria, oferecemos os seguintes serviços:

Avalia o Sistema de Gestão (ISO 9001, ISO 14001, ISO TS, NBR 16000, OHSAS 18001 e SA 8000) de fornecedores dos clientes da QualityIn, segundo programação e requisitos definidos pelo mesmo, e gera relatórios que permitem avaliar, qualificar e classificar os fornecedores para constituir o Cadastro de Fornecedores Qualificados.

Avalia o Sistema de Gestão (ISO 9001, ISO 14001, ISO TS, NBR 16000, OHSAS 18001 e SA 8000) de fornecedores dos clientes da QualityIn, segundo programação e requisitos definidos pelo mesmo, e gera relatórios que permitem avaliar, qualificar e classificar os fornecedores para constituir o Cadastro de Fornecedores Qualificados.

Avalia a situação presente do Sistema de Gestão – ISO 9001, ISO 14001, ISO TS 16949, NBR 16000, OHSAS 18001, SA 8000 e VDA, atendendo aos itens de auditoria obrigatórios pelas referidas normas e aos procedimentos de auditoria, para manutenção do sistema conforme requisito do cliente. Após a auditoria, gera-se um relatório oficial para submissão a organização.

  • Nossos auditores possuem diferencial por possuírem Certificação de Organismo de Certificação de 3º parte, com qualificação de acordo com o código NACE, e atuam em várias empresas de distintos segmentos empresariais, garantindo, desse modo, a diversidade de conhecimento necessário para a identificação das oportunidades de melhoria;
  • Os auditores da QualityIn são aprovados em cursos reconhecidos junto a organismos credenciados e são selecionados para cada escopo de acordo com sua qualificação conforme código NACE;
  • Não há necessidade de dispor do tempo de seus colaboradores para planejar, programar, executar e relatar as auditorias. Os profissionais mantêm foco total no negócio da sua empresa;
  • O resultado da auditoria será apresentado rapidamente, com total isenção e confidencialidade.

Benefícios

1.Quais os benefícios para a minha empresa com a certificação ISO 9001?

A certificação de processos segundo a norma ISO 9001 proporciona maior credibilidade para o cliente quanto ao sistema de gestão e melhoria na qualidade dos produtos e serviços da organização. É uma forma de garantir o atendimento às necessidades dos clientes e a continuidade na execução dos processos internos, bem como uma gestão mais efetiva destes processos baseado em indicadores.

2. Como o cliente se beneficia desta Certificação ISO 9001?

Os benefícios de certificação da norma ISO 9001 são múltiplos e podem ser resumidos em um princípio básico: garantia da satisfação e do atendimento às necessidades explicitadas. Esse “estado de satisfação” é resultante da obtenção de serviços e produtos que seguem procedimentos rigorosos, tomando-se como referência básica a maximização do atendimento às especificações propostas pelo próprio cliente.

3. Qual o impacto desse diferencial no mercado?

Além de assegurar um maior patamar de competitividade no mercado, a certificação ISO 9001 provoca reações em cadeia, conforme a seguir descrito:

  • Pelos indiscutíveis benefícios que traz aos clientes;
  • Pelo reflexo da nossa certificação ISO 9001 sobre os nossos fornecedores, que passam a submeter-se a especificações mais precisas e a parâmetros de qualidades mais rígidos a atender;
  • Funciona como um estímulo para a concorrência, no sentido de também investir na sua certificação pela norma ISO 9001, para manter a alta competitividade do mercado.

Para Qualityin, seis são as razões pelas quais todo administrador ou empresário responsável deve implementar os princípios da administração com consciência ecológica em sua Organização:

  1. Sobrevivência humana – Sem empresas com consciência ecológica, não poderemos ter uma economia com consciência; sem uma economia com consciência ecológica, a sobrevivência humana estará ameaçada;
  2. Consenso público – Sem empresas com consciência ecológica, não haverá consenso entre o povo e a comunidade de negócios; sem esse consenso, a economia de mercado estará politicamente ameaçada;
  3. Oportunidades de mercado – Sem administração com consciência ecológica, haverá perda de oportunidades em mercados em rápido crescimento;
  4. Redução de riscos – Sem administração com consciência ecológica, as empresas correm o risco de responsabilizar-se por danos ambientais, que potencialmente envolvem imensas somas de dinheiro, e de responsabilização pessoal de diretores, executivos e outros integrantes de seus quadros;
  5. Redução de custos – Sem administração com consciência ecológica, serão perdidas numerosas oportunidades de reduzir custos;
  6. Integridade pessoal – Sem administração com consciência ecológica, tanto os administradores quanto os empregados terão a sensação de falta de integridade pessoal, sendo, assim, incapazes de identificar-se totalmente com seu trabalho.

Alguns setores do mercado já assumiram tais compromissos com o novo modelo de desenvolvimento, com base na implantação de um Sistema de Gestão Ambiental. A gestão de qualidade empresarial passa pela obrigatoriedade de que sejam implantados sistemas organizacionais ISO 14001 e de produção que valorizem os bens naturais, as fontes de matéria-prima, as potencialidades do quadro humano criativo, as comunidades locais, e devem iniciar o novo ciclo, onde a cultura do descartável e do desperdício sejam coisas do passado.

Os principais objetivos da ISO/IEC 17025 são:

  • Estabelecer um padrão internacional único para atestar a competência dos laboratórios para realizarem ensaios e/ou calibrações, incluindo amostragem;
  • Facilitar a interpretação e a aplicação dos requisitos, através de inúmeros esclarecimentos e exemplos;
  • Abranger o desenvolvimento de novos métodos;
  • O credenciamento na norma 17025 para laboratório pode proporcionar para as Indústrias e Prestadores de Serviço os vários benefícios.
  • Estabelecer diretrizes comuns para o desenvolvimento de Sistemas da Qualidade, especificamente para a Indústria Automotiva;
  • Proporcionar condições necessárias para melhoria contínua e inovações;
  • Padronizar métricas para definir os indicadores de desempenho;
  • Prevenir as causas de produtos e serviços não conformes;
  • Reduzir as perdas em toda a base de fornecimento da indústria automobilística, seja no produto, seja no serviço;
  • Diminuir a variação de processo, de produto ou de serviço;
  • Padronizar os requisitos da qualidade hoje existentes, evitando múltiplas certificações.
  • Facilitar a obtenção de licenças e autorizações;
  • Estimular o desenvolvimento e compartilhar soluções de prevenção de acidentes e doenças ocupacionais;
  • Melhoria na sua cultura de segurança, eficiência e consequentemente, redução de acidentes na produção;
  • Redução de prêmios de seguro;
  • Eliminar ou minimizar os riscos associados às atividades da empresa para os trabalhadores e outros;
  • Assegurar o cumprimento da política de segurança e saúde da empresa;
  • Redução de custos com processos trabalhistas relacionados à Segurança e Saúde no Trabalho – SST;
  • Atendimento as legislações vigentes no país.

Uma certificação de SA 8000 proporciona vários benefícios para a organização, entre eles podemos citar: melhoria na reputação da empresa e da imagem da marca; redução do número de acidentes; melhoria na motivação dos funcionários; maior produtividade; aumento da qualidade dos produtos; melhoria das relações com sindicatos e outras partes interessadas; e diminuição dos processos trabalhistas.

A NBR 16001 foi concebida com base nas três dimensões da sustentabilidade: econômica, social e ambiental, estabelecendo os requisitos para a implementação de um Sistema de Gestão de Responsabilidade Social (SGRS) passível de integração com outros sistemas de gestão. Um SGRS eficaz permite promover a cidadania, o desenvolvimento sustentável e a transparência das atividades da organização. A certificação na norma NBR 16001 possui acreditação do INMETRO, e aborda os seguintes pontos:

  • O atual ambiente de globalização está motivando as organizações a considerarem todos os impactos sociais, éticos e políticos de suas atividades corporativas;
  • As empresas que estiverem em condições de demonstrar um compromisso em termos éticos e sociais obterão um marco de competitividade importante, gerando confiança em partes interessadas, tais como clientes, investidores, comunidade local e consumidores;
  • Assuntos sociais como o trabalho infantil, trabalho forçado e discriminação requerem organizações que não considerem apenas o seu próprio ambiente interno, mas também a sua cadeia de fornecimento.